Plano de Biossegurança do CPAR

Este Plano de Biossegurança foi estabelecido para adotar medidas voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades administrativas e acadêmicas do Câmpus de Paranaíba, que podem comprometer a saúde dos servidores e estudantes, decorrente da Pandemia da Covid-19. As medidas de proteção abrangerão a preservação da vida e da saúde, a preservação do direito à educação, as ações de apoio aos estudantes em vulnerabilidade e as atividades laborais nas Unidades da UFMS.

Do Objetivo Geral

O Plano de Biossegurança do Câmpus de Paranaíba (CPAR) objetiva, primeiramente, a preservação das vidas, visando conciliar o retorno das atividades presenciais (acadêmicas e administrativas) da UFMS, e a prevenção à disseminação do novo coronavírus. A biossegurança é o conjunto de ações voltadas para a prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades administrativas, de ensino, pesquisa, extensão, inovação, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, visando a saúde do ser humano, dos animais, a preservação do meio ambiente e a qualidade dos resultados.

Dos Objetivos Específicos

  • Orientar a comunidade CPAR para a manutenção de um ambiente institucional seguro e saudável no contexto da Covid-19
  • Estabelecer procedimentos para manutenção das atividades essenciais no CPAR em diferentes etapas de probabilidade de disseminação pela Covid-19, etapas estas que são classificadas em Alto, Médio e Baixo risco de contagio, sendo que em qualquer momento, poderá ocorrer o que se chama de “lockdown”, com base na orientação do COE-UFMS

Campo de Aplicação

Este documento se aplica às atividades essenciais realizadas nas dependências do CPAR/ UFMS, bem como aquelas realizadas por terceiros.

Acesse aqui o plano de biossegurança do CPAR
Acesse aqui o plano de biossegurança da UFMS
Para mais informações sobre as medidas tomadas pela Universidade contra a COVID-19 acesse:  https://www.ufms.br/coronavirus/