Professor de Psicologia inova e propõe criação de blogs como atividade avaliativa

Postado por: CPAR.UFMS

Os alunos do curso de Psicologia do Campus de Paranaíba (CPAR) que estão cursando a disciplina Psicopatologia Geral II têm contato com assuntos relacionados a transtornos mentais, tratamentos existentes e seus aspectos históricos. Para avaliar os estudantes de maneira inovadora, o professor Alexandre José de Souza Peres propôs a criação de um blog por parte dos alunos.

“O objetivo é divulgar informações confiáveis a outros estudantes de Psicologia, psicólogos e o público em geral sobre a história dos tratamentos em saúde mental e os desafios contemporâneos dessa área da saúde”, conta.

É a primeira vez que o professor adota a metodologia e, segundo ele, apesar de não ser algo comum, é uma estratégia utilizada por muitos professores no Ensino Superior. De acordo com Alexandre, os alunos devem construir textos fundamentados tecnicamente numa linguagem que seja acessível e interessante ao público-alvo. Além de manter o blog atualizado com conteúdos que são postados quinzenalmente, os discentes precisam visitar as páginas dos colegas e deixar comentários construtivos a respeito das postagens.

“Para a elaboração dos posts acerca de aspectos históricos, eu escolho as referências bibliográficas. Já para elaborar os textos sobre desafios contemporâneos, os alunos devem fazer sua própria busca de referências. As atividades são realizadas no laboratório de informática, onde fico à disposição dos alunos para tirar dúvidas sobre os textos, debater os temas e ajudar na preparação dos textos”, explica Alexandre.

O acadêmico Jhonatan Saldanha relata que a leitura dos textos para a construção do post possibilita uma discussão com os colegas, pois a atividade é feita em duplas e o aluno tem a possibilidade de colocar a sua perspectiva e ouvir a de seu colega. “No começo é meio difícil tirar um tempo para ler mais textos, mas depois você se acostuma com essa rotina. Eu acredito que seja algo muito bom para nós, no sentido de conseguir sintetizar um tema, trazer para aula e ler com o professor que nos ajuda a melhorar o que foi produzido, é algo muito bom, você aprende e consegue compartilhar com outras pessoas”, afirma.

Assim como para os alunos, Alexandre aponta que tem sido um desafio para ele também. “Um dos desafios atuais na docência no Ensino Superior é lidar com uma geração que não está tão acostumada com a leitura. No nosso cotidiano, consumimos textos mais curtos e sintéticos e outras mídias muito presentes nas redes sociais, como vídeos e áudios, também curtos. Então, é um desafio propor atividades que exijam muita leitura e muita escrita. Não só por essas razões, mas também porque os estudantes estão sempre muito atarefados”.

Segundo Alexandre, outros professores têm utilizado o conteúdo do blog em outras disciplinas, como fonte de consulta para os alunos. “De modo geral, os alunos estão se saindo muito bem e percebo que a qualidade dos textos vem melhorando ao longo do semestre e sempre acompanha a qualidade da leitura. Quanto mais tempo de qualidade o aluno pode dedicar a leitura, melhor sai seu texto”.

Os blogs desenvolvidos pelos estudantes estão na página https://sites.google.com/site/alexandreperes/blogs-sobre-psicopatologia.

Brunna de Oliveira Freitas (estagiária Agecom no CPAR)